Home Notícias Workshop debate saúde e segurança na indústria do vestuário

Workshop debate saúde e segurança na indústria do vestuário

E-mail Imprimir
AddThis Social Bookmark Button

vestuario 505x180


Ao longo de 2017, o SESI Pará tem realizado o projeto Gestão Sustentável para Micro e Pequenas Empresas com o objetivo de auxiliar estas empresas especificam a aperfeiçoarem sua praticas e processo, tornando-as mais competitivas por meio da adoção ou melhoria de iniciativas sustentáveis. O evento aconteceu no dia 26 de julho, na unidade SESI Indústria Saudável, em Belém.


A intenção foi conscientizar os empresários e profissionais da área de vestuários sobre como ter um ambiente de trabalho seguro, saudável e produtivo, visto que os mesmos atuam em contato permanente com máquinas e equipamentos, além de produtos químicos.


Durante o evento, o Coordenador de Saúde e Segurança no Trabalho do SESI Pará, Daniel Souza, ressaltou a importância do tema para a indústria têxtil. “Os benefícios da prática de segurança e saúde no trabalho, podem melhorar a saúde e qualidade de vida do trabalhador da indústria, a comunicação interna, melhorar a capacidade de concentração assim como a produtividade, além de reequilíbrio emocional dos colaboradores que trabalham diretamente com máquinas e o estímulo da criatividade”, afirma.


vestuario 350x250Segundo o palestrante do workshop Carlos Sobrinho, as mudanças ocorridas no meio organizacional fez com que as empresas passassem a priorizar a rapidez e o crescimento produtivo, refletindo em uma maior exigência para os trabalhadores, como: excesso de jornadas de trabalho, pressão para atingir determinadas metas, falta de intervalos, tudo isso adicionado de posturas inadequadas.


Para Sobrinho, a grande ocorrência de doenças ocupacionais, que por sua vez tem ganhado ênfase com proporção aumentada gradativamente, em função do crescimento industrial. “Nesse aumento destacam-se três doenças por ocorrem com maior incidências: a perda auditiva induzida por ruído (Pair), a lesão por esforço repetitivo (Ler) e as doenças da coluna”, explica o palestrante.


Lorena Góes, participante do workshop e representante da empresa Pompano, tomar como exemplo experiências de outras pessoas pode ajudar a companhia a acompanhar os empregados. “Nossa empresa vem observando os colaboradores em relação ao uso correto de EPI, em especial o protetor de ouvido, pois sabemos que a exposição contínua ao ruído pode provocar outros efeitos além dos auditivos como: estresse, irritação, alteração no ritmo respiratório, distúrbios do sono, alterações nos sistemas cardiológico, digestivo, neurológico entre outros”, ressalta.
 
Sobre o workshop, Carmen Pinho, representante da Alpha Uniforme, avaliou o evento como positivo. “A palestra foi de suma importância para todos os empresários e representantes, já que a questão da conscientização da SST, o uso de EPI e EPC e os cuidados necessários para prevenção de acidentes, foram esclarecedores para que cada vez mais possamos redobrar os cuidados necessários para evitar acidentes”, finalizou.

 
Follow us on Twitter

Últimas Notícias

Mais Acessados